quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Bio Massa - "Ouro Verde"

MÃOS NA (BIO)MASSA

Entenda como fazer a biomassa da banana verde que serve como base para inúmeras receitas doces e salgadas. PREPARO: 30 minutos

Escolha bananas verdes de qualquer tipo, desde que não aclimatizadas. Ou seja, devem ser colhidas no pé na hora do preparo ou ainda encomendadas a um feirante.
Corte os talos e higienize-as com solução clorada. Depois, enxágüe. Enquanto isso, coloque água em uma panela de pressão e deixe ferver.
Adicione quantas bananas couber (sem tirar as cascas) e tampe. Quando a panela começar a adquirir pressão e fizer barulho, espere cerca de dois minutos e desligue o fogo. Deixe o ar sair e a panela perder a pressão sozinha. Abra e retire as bananas com cuidado para não queimar as mãos.
Descasque-as e reserve a polpa para ser processada (batida no processador e não no liquidificador).
A polpa pode ser processada com água, leite ou qualquer outro líquido, desde que seja bem quente.
Dependendo dessa escolha, o resultado final pode variar no que diz respeito a cor, sabor e textura. Vale lembrar que cada receita pede um método distinto de preparo da biomassa de banana verde.
Para facilitar a preparação das receitas, a polpa de banana verde pode ser embrulhada e congelada após o resfriamento. No freezer, ela dura cerca de seis meses.
No preparo com polpa congelada é preciso retirá-la do freezer com antecedência, descongelando-a. É possível também colocá-la em água quente até que fique macia para processá-la da forma convencional (como descrito ao lado).
ATENÇÃO: nunca utilize a mesma água em que a casca foi cozida para misturar à polpa, pois nela encontra-se tanino, substância que deixa a massa escura. Trabalhe sempre com a polpa em temperatura quente e nunca a deixe muito espessa, mesmo para preparar molhos, sopas e caldas. Isso porque quando esfria, a biomassa endurece rapidamente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostaria de sua opinião sobre a postagem.

Estamos na Primavera

Estamos na Primavera